FUNDAMENTALISMO CULTURAL NÃO É ORTODOXIA!

Sem autor
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

FUNDAMENTALISMO CULTURAL NÃO É ORTODOXIA!

Por Cleyton Gadelha

Uma boa parte dos que se auto-denominam “Fundamentalistas”, são, na verdade, “Fundamentalistas Culturais”. Não são herdeiros da ortodoxia, não estão na trilha de Greshan Machem, Warfield, Murray, Spurgeon, Lloyd-Jones etc. São propugnadores de um “Fundamentalismo Denominacional” que atenta contra a “catolicidade” da Igreja de Cristo. Característica principal: Sectarismo denominacional, com pouco respeito eclesiástico pelas igrejas de Cristo fora do seu gueto. Reduzem a Igreja de Cristo a um “corpo” entrincheirado e sem ‘catolicidade’. Sugiro aos verdadeiros Fundamentalistas que se abriguem debaixo de uma outra definição: ‘Ortodoxo’, ‘Conservador’, algum termo que sugira o diálogo respeitoso com todo o “Corpo de Cristo” e que, ao mesmo tempo, se mantenha dentro das fronteiras do cristianismo histórico e doutrinariamente bíblico.